Produtos


 
NC Sprinter RX

CATETER BALÃO DE DILATAÇÃO NÃO COMPLACENTE DE TROCA RÁPIDA

A posição total do stent é fundamental para obter resultados positivos e de longo prazo 1, 2, 3

Estudos de stents de eluição de fármaco mostraram que:
  • Subexpansão de stent é comum no posicionamento inicial do stent e um forte preditor de trombose de stent e revascularização do vaso-alvo (TVR).4
  • Sistemas de entrega de stent parecem ser inadequados para atingir a expansão total do stent em artérias com carga pesada de placa e resistência elevada.5

Pós-dilatação de alta pressão com balões nc pode otimizar o posicionamento do stent6
  Os benefícios de utilizar um balão não complacente para pós-dilatação incluem:
  • Pouca mudança no volume com aumentos incrementais na pressão.7
  • Mais força é exercida contra uma lesão em dada pressão de inflação do que com balões semi-complacentes, incluindo balões de entrega de stent.8

Confiança na excelente capacidade de entrega da tecnologia sprinter
  • Ponta de baixo perfil altamente flexível
  • Mais baixo perfil de balão e Excelente Retração
  • Melhor Rastreabilidade

Confiança em uma pós-dilatação segura com nc sprinter rx
  • Ajuda a minimizar o efeito de borda e protege o tecido saudável
  • Capacidades de Alta Pressão e Expansão Controlada para Ótimos Resultados

O Cateter Balão de dilatação não complacente de troca rápida NC Sprinter RX ajuda a atingir total aposição de stent, e isso é fundamental para resultados clínicos positivos e de longo prazo.

1. "Expansão subótima ou incompleta do stent com BMS pode não só estar associada com restenose elevada e TVR mas também pode predispor a trombose relacionada ao stent". J Interventional Cardiology, 19:1, 2006, p. 44.
  2. "… mal aposição das hastes na parede do vaso evita endotelialização das hastes e falta de endotelialização é sabida a predispor a trombose relacionada ao stent". J Interventional Cardiology, 19:1, 2006, p. 46.
  3. ."… qualquer déficit na técnica de implantação irá aumentar a probabilidade de evento trombótico". Cardiology International, Spring 2006, p. 2.
  4. Nesta análise apresentamos dados que mostram que expansão de stent DES (como BMS) usando sistemas atuais de entrega de stent é frequentemente subótima. Além disso, área mínima de stent (MSA) menor e subexpansão de stent após o implante de DES são fortes preditores de trombose relacionada ao stent e TVR. Journal of Interventional Cardiology, 19:1, 2006, p. 43 Executive Summary
  5. "O principal motivo parece ser que balões semi-complacentes usados em sistemas modernos de entrega de stents parecem inadequados para obter total expansão do stent em segmentos arteriais com carga pesada de placa e resistência elevada." J Interventional Cardiology, 19:1, 2006, p. 44.
  6. "Pós-dilatação com balões não complacentes em alta pressão podem aumentar a MSA (área mínima de stent) e MSD (diâmetro mínimo de stent) e aumentar muito a frequência de ótimo implante de stent". J Interventional Cardiology, 19:1, 2006, p. 47.
  7. "Balões não complacentes têm pouca alteração no volume alterações incrementais na pressão de inflação, e a força é concentrada na lesão". J Interventional Cardiology, 19:1, 2006, p. 45.
  8. "Testes de bancada mostraram que balões não compatíveis exercem mais força contra uma lesão do que balões complacentes dada a pressão de enchimento. J Interventional Cardiology, 19:1, 2006, p. 45.




 
Rua Luigi Galvani, 146 - Cj 91 – Cidade Monções | 04575-020 | São Paulo – SP
Av. Presidente Vargas, 1265 - sala 604 - Jd. São Luiz | 14020-273 | Ribeirão Preto – SP
Av. Barbacena, 436, cj.502 – Barro Preto | 30190-130 | Belo Horizonte - MG
tel.: 55 11 5505.4040 (São Paulo – SP)
tel.: 55 16 3913.5781 (Ribeirão Preto – SP)
tel.: 55 31 3657.4580 (Belo Horizonte - MG)
contato@supriartigosmedicos.com.br
2014 © Copyrigh - Supri